O chefe do Xbox, Phil Spencer, diz que a Sony está tentando crescer “tornando o Xbox menor”

⎯⎯ continua após a publicidade ⎯⎯

De acordo com o chefe do Xbox, Phil Spencer, a estratégia de crescimento da Sony é tornar o Xbox “menor”.

Em uma entrevista recente vista pela EuroGamer, o CEO da Microsoft Gaming mencionou a aquisição da Activision Blizzard e as tentativas da Sony de bloquear o acordo. O chefe do Xbox disse que “a Sony está tentando proteger seu domínio no console. A maneira como eles crescem é tornando o Xbox menor.”

Spencer apontou o dedo para a Sony por ser anticompetitiva com seus jogos, focando no fato de que os títulos da Sony raramente estão disponíveis fora do console PlayStation e que os títulos não estão disponíveis no lançamento por meio de seu serviço de assinatura.

⎯⎯ continua após a publicidade ⎯⎯

“[Sony] tem uma visão muito diferente da indústria do que nós. Eles não enviam seus jogos dia e data no PC, eles não colocam seus jogos em sua assinatura quando lançam seus jogos.”

De acordo com Spencer, “a Sony está liderando o diálogo sobre por que o acordo não deve ser concluído” ao “agarrar-se ao Call of Duty”. Spencer, por outro lado, disse que o acordo é mais sobre tentar se manter competitivo com o PlayStation e, mais do que tudo, com jogos para celular.

O chefe do Xbox também argumentou que a reclamação da Sony sobre Call of Duty não faz sentido, considerando que o Xbox ofereceu um acordo que manteria a franquia na plataforma pelos próximos dez anos.

O maior fabricante de consoles do mundo levantou uma objeção sobre a única franquia que dissemos que continuará a ser lançada na plataforma. É um acordo que beneficia os clientes por meio de escolha e acesso.”

Até o momento, a Sony não comentou as declarações de Spencer. Resta saber como a empresa responderá às críticas e se alterará sua estratégia para bloquear o negócio.

A Sony não é o único oponente que a Microsoft tem quando se trata da aquisição. A FTC nos Estados Unidos também entrou com um processo para bloquear o acordo, aparentemente ficando do lado da Sony na discussão.

⎯⎯ continua após a publicidade ⎯⎯

⎯⎯ continua após a publicidade ⎯⎯